segunda-feira, 26 de março de 2012

NOVAS INFORMAÇÕES SOBRE O ASSALTO EM UBIRATÃ

.Assaltantes de ônibus são mortos em confronto com a polícia em Ubiratã

 A ação foi no início desta manhã na BR 369. Existe a suspeita de que a quadrilha esteja envolvida na morte de um policial durante assalto em Ubiratã a cerca de 15 dias.


Dois comparsas foram presos na rodovia, eles estavam no Corsa Wagon que também seria utilizado nos roubos na rodovia. Trata-se de Alexsandro de Jesus, 31 anos, e Edimar Francisco de Salles, 37, estão detidos na cadeia de Ubiratã.
Um confronto entre policiais e supostos assaltantes resultou até o momento em um suspeito morto, um baleado e preso e outros dois detidos. A polícia busca um quinto envolvido. O caso ocorreu entre a madrugada e a manhã de hoje (26), na Br 369, 2 KM do Posto Brasília, sentido a Cascavel.
Policiais militares de Cascavel, do Serviço Reservado (P2), monitoravam uma caminhonete que havia sido roubada em Cafelândia quando se depararam com o veículo na BR-369, sendo acompanhado por um carro. Na tentativa de abordagem, os ocupantes dos automóveis entraram em um milharal e iniciaram troca de tiros com os PMs.
Um deles foi morto no local, os demais se esconderam no matagal e um, que estava ferido, se entregou no meio da manhã. Os outros foram capturados e um ainda está sendo procurado. Todos os presos foram encaminhados à Polícia Civil de Ubiratã.


O nome do assaltante morto é Marcelo Barbosa Cordeiro (Cabeção), 27 anos, foragido da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu.

Marcelo Cordeiro, já assaltou joalheria com forte armamento e fez familia refém.

Segundo o que foi apurado pela polícia, o grupo iria utilizar os dois veículos para assaltar um ônibus na rodovia. Forte armamento foi apreendido.
Policiais do Pelotão de Choque de Cascavel e da Companhia de Campo Mourão prestam apoio à ocorrência.




Existe a suspeita de que a quadrilha esteja envolvida na morte do policial Daniel Lelis de Oliveira, 26 anos, durante assalto em Ubiratã há 15 dias.

breve mais informações...

Fonte: Portal CGN de Cascavel

Nenhum comentário: