terça-feira, 8 de abril de 2014

BATIDA TERMINA COM 4 MORTOS NA BR-369

Dois veículos bateram na BR-369, próximo ao quilômetro 518, entre Cascavel e Corbélia, na noite desta terça-feira (08). O acidente terminou com quatro pessoas mortas e uma em estado grave, com risco à vida.

Segundo o que foi apurado pela Polícia Rodoviária Federal, o veículo Monza, com placa de Campo Mourão, seguia em direção a Cascavel. O outro automóvel, com placa de Maringá, transitava no sentido oposto.
Testemunhas disseram que o condutor do Monza, identificado como Vilson Sopa, 39 anos, teria feito uma ultrapassagem em local proibido. Para tentar evitar a batida, o condutor do veículo Astra, Claudiomar Pereira Martins, 53 anos, tentou sair da pista; mesma manobra feita pelo motorista do Monza. A batida ocorreu, então, no acostamento, no sentido Corbélia.
Um socorrista da concessionária que administra o trecho, que seguia para o trabalho, parou para dar os primeiros socorros às vítimas. Duas ambulâncias do Siate, o oficial de área do Corpo de Bombeiros e um caminhão de combate a incêndio e resgate foram mobilizados, além de uma ambulância da Viapar.
A única sobrevivente do acidente foi identificada como Maria Ednalva Martins, que seguia como passageira da frente do Astra. Ela teve múltiplas fraturas, traumatismo craniano encefálico e estava em estado de choque. Após os trabalhos de emergência dentro da ambulância, a mulher foi levada, às pressas, ao Hospital Universitário.
O motorista do Astra, Claudiomar, chegou a ser retirado do carro e levado para ambulância do Siate, mas os bombeiros apenas constataram a morte dele. Outro passageiro do automóvel conduzido por Claudiomar, identificado como Diego Serafim dos Santos morreu antes da chegada do socorro. Outro homem, que seguia no banco de trás do Astra, também teve morte instantânea. O motorista do veículo Monza, Vilson Sopa, também não resistiu aos ferimentos, antes da chegada das equipes de socorro. Ele estava sozinho no carro.
Segundo o que foi informado no local, os ocupantes do Astra voltavam para Maringá, depois de fazerem compras no Paraguai. Não está confirmado se o motorista do Monza é de Cascavel.
O fluxo de veículos ficou lento no local do acidente, durante os procedimentos da Polícia Rodoviária Federal e do Siate.

Fonte: CGN

Nenhum comentário: