quarta-feira, 11 de junho de 2014

DETIDO CONFESSA QUE JOGOU CORPO EM RIO

O Delegado Chefe, Amir Roberto da Polícia de Civil de Campo Mourão confirmou em entrevista na noite de ontem (10), que o rapaz de 28 anos que foi detido pelos policiais confessou o crime contra Tatiane Jezualdo.

De acordo com o Delegado, os policiais tinham esperança que a jovem estaria viva, mas após o depoimento do detido, a situação mudou.
Durante depoimento o homem relatou onde teria jogado o corpo, no entanto o local indicado foi averiguado e nada foi encontrado.
O nome do detido ainda não será divulgado, já que a família do mesmo mora na cidade. O homem, que era colega de trabalho de Tatiane, continua preso na Delegacia de Campo Mourão.
Ainda não se sabe detalhes sobre o crime, se houve planejamento, se a mulher foi ou não estuprada, qual seria a motivação, ou como ela foi morta. Estas informações serão repassadas a imprensa em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (11), com o delegado operacional de Campo Mourão, Marino Marcelo de Oliveira, que acompanhou todas as investigações sobre o caso.
Os policiais agora trabalham para encontrar o corpo da jovem.
O caso
Tatiane Jezualdo de 25 anos desapareceu na última terça-feira (03), quando espera a van para ir ao trabalho.
As informações apurada na cidade, dão conta que a jovem teria entrado em um carro de cor escura e depois disso não foi mais vista.
Familiares, amigos e policiais começaram então uma busca incessante pela jovem. Na ocasião, o pai relatou que a filha não sofria nem um tipo de ameaça, e não havia motivos para a mulher deixar a casa.
Desde o desaparecimento da jovem, o celular está desligado. No dia que ela desapareceu uma mensagem de texto foi enviada para o celular da mãe, mas o conteúdo não condizia com a maneira que Tatiane escrevia.

Fonte: CGN

Nenhum comentário: