quinta-feira, 10 de setembro de 2015

MULHER COM DEPRESSÃO MORRE APÓS JOGAR CARRO EM CAMINHÃO EM CAMPO MOURÃO

http://www.portalovale.com.br/dados/noticias/t4o7n660_G1.jpgUma mulher de 40 anos, identificada pelas iniciais M.E.S. da S., morreu por volta das 16hs desta terça-feira, após bater violentamente o carro que dirigia contra um caminhão, no Jardim Tropical I em Campo Mourão.
A colisão ocorreu na Avenida Pedro Viriato de Souza Filho. O motorista do caminhão fez de tudo para evitar a batida, mas não conseguiu. “Ela veio em alta velocidade e jogou o carro direto na frente do caminhão. Pisei no freio, mas não deu para evitar a batida”, lamentou o motorista do caminhão, de 41 anos.
 O pai da vítima, Julio Ribeiro da Silva, 66 anos, que possui uma mercearia no Tropical, disse que a filha sofria de depressão e tomava três injeções por dia no posto 24 horas. “Ela não estava bem. Tentamos de tudo para ajudá-la, mas não teve jeito”, lamentou Ribeiro.
 O carro dirigido pela mulher, modelo Gol, pertencia a um vendedor que havia parado para atender a mercearia da família. Ele havia deixado o carro estacionado em frente ao estabelecimento, e quando percebeu, a mulher já estava saindo dirigindo. “Ele até tentou impedir que minha filha saísse dirigindo, mas não teve jeito”, contou o pai. Uma vizinha da família, que possui um salão de beleza próximo à mercearia, disse que M.E.S. da S. estava sempre em seu estabelecimento. “Um pouco antes disso acontecer ela passou no meu salão e pediu para tirar a sobrancelha. Depois disse que seriamos amigas para sempre e que íamos nos encontrar no céu. Em seguida saiu e pegou o carro do vendedor, que também era nosso amigo e saiu. Quando fiquei sabendo já havia ocorrido o acidente”, disse a amiga.

O Corpo de Bombeiros e uma equipe do Samu chegaram rápido ao local. As duas equipes, lideradas por um médico do Samu chegaram a fazer massagens na tentativa de reanimá-la, mas ela não resistiu aos ferimentos. O veículo Gol teve a parte frontal destruída com o impacto.

Fonte: Tribuna do Interior

Nenhum comentário: