quarta-feira, 11 de novembro de 2015

DEU RUIM!!!

Na noite desta terça-feira (10-11), o que era pra ser apenas mais uma sessão da câmara de vereadores do município de Ubiratã, se transformou em bate boca entre manifestantes e o legislativo. A população compareceu em grande número na casa com faixas e apitaços contra o aumento de salários dos vereadores. A imprensa de toda região também esteve no local.

 Em uma votação na semana passada, a comissão decidiu por unanimidade (8 a 0) que os salários fossem reajustados a partir de janeiro de 2017, eles reivindicavam um aumento de quase 21%, no qual, com a mudança, o prefeito passaria dos atuais R$ 17,9 mil para R$ 21,6 mil, secretários de R$ 6,6 mil para R$ 7,9 mil. Já o presidente da Câmara passaria a receber R$ 7,4 mil e os vereadores R$ 4,9 mil. A sessão foi tumultuada, sendo interrompida algumas vezes, a polícia foi chamada apenas por precaução, mas felizmente o ato foi pacífico. O presidente da câmara Harry Tholken tentou adiar a sessão mas teve de ceder a pressão dos manifestantes. Novamente, o projeto foi votado, e por 8 votos a 0, os vereadores decidiram por não subirem os salários. Durante o pronunciamento do vereador Luiz Cunha, os manifestantes vaiaram, deram as costas e em seguida cantaram em alto e bom som o hino nacional. Ao final o legislativo agradeceu a participação da comunidade e pediram que novamente retornem, todas as terças, a partir das 19 hrs. Os munícipes estão de parabéns, pois provaram que a população unida pode mudar um país, e que o povo agora está de olho.

Nenhum comentário: